quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Já chega! Estou cansado de tudo e de todos!



“Vinde a mim todos vós que estais cansados e eu vos aliviarei.” (Mt 11, 28)


           “E então eu me vi cansado!” Meu amigo leitor, quantas vezes nós não fazemos esta exclamação, muitas vezes no fim de um dia cansativo, outros, porém já no seu inicio de dia, “eu estou farto!”. Atualmente vivemos no mundo do agora, do instantâneo, queremos fazer tudo de uma só vez, queremos tudo de uma só vez! Mas, esquecemos que nós também nos cansamos, nos desgastamos, esquecemos que temos um limite. E quando é o outro que me desgasta, ou os problemas cotidianos, para uma criança pode ser um estudo pesado, problemas na escola, para um jovem adolescente pode ser a pressão do vestibular, como também um fim de um relacionamento, para um pai e uma mãe de família o seu trabalho, ou problemas no casamento, para pessoas idosas sua saúde frágil e debilitada ou a perda de um filho precocemente, enfim, concluímos que todos temos problemas, todos carregamos um fardo pesado em nossas vidas. Esta constatado por estatísticas que o maior mal do século XXI é a depressão, este mal assola toda a humanidade, todos estamos expostos a ele! Estamos expostos a ficar numa tristeza tão profunda que pensamos até em dar fim em nossa vida, muitas vezes nesta depressão o simples fato de um dia esta nublado já é causa de eu não sair de casa.

Quando não caímos no mal da depressão corremos o risco de jogarmos todos os nossos problemas sobre pessoas que não tem culpa, ou que não conseguem carregar, ou sobre aquelas que não tem a mínima noção do que se trata. Uma criança, por exemplo, ela pode expressar seu cansaço numa raiva, ou ficando quieta demais, silenciosa, presa em um mundo onde só existe ela, que ela pode fugir dos problemas. Um adolescente pode se afundar no mundo das drogas, esquecendo-se que existe um outro caminho, um outro lugar para depositar seu cansaço. Um pai e uma mãe podem terminar um relacionamento, pois se chegou ao ponto de um ofender ao outro de maneira inimaginável. Um idoso que não se vê mais com esperança por conta de tanto problema que droga de remédios para poder findar mais rápido sua vida. Sim, a vida é difícil. Onde posso eu buscar ajuda nesta hora? Respondemos de uma maneira simples: Em Jesus Cristo! Ah, podem pensar, porque buscar Jesus Cristo, uma utopia! Devemos busca-Lo, pois foi ele próprio quem disse: “Vinde a mim todos os que estais cansados” (Mt 11, 28).

Colocar um olhar sobrenatural na vida a torna mais agradável, mais digna e de fácil entendimento, que esperança tem aquele que não crê em Deus? Eu vivo, eu estudo, eu trabalho para um dia morrer. Este “morrer” para quem não crê pode ser visto como um fim, pronto, acabou! O ser humano é necessita de sentido na vida, este sentido só pode ser dado por Deus.

Como buscar então a Jesus, para depositar nele meu cansaço, para que Ele me ajude a leva-lo? Simples, peça o auxilio Àquele que o Pai celeste, teu criador deixou como Paráclito, o Espírito Santo. Comece como uma simples frase, sincera: “Senhor, eu preciso de Ti”, “Eu dependo de Ti”, “Eu estou sofrendo e sozinho já não posso mais”! Acredite, o Pai pode ouvi-lo! Vai afirmar o Evangelista Matheus na narrativa do Evangelho que Jesus se compadeceu da multidão que o seguia: “Ao ver a multidão ver a multidão teve compaixão dela” (Mt 9, 36). Mas este compadecer de Cristo não foi uma compaixão qualquer, Ele olhou para que os seguiam e viu naqueles homens e mulheres um cansaço físico e espiritual. Ele sabia que aqueles que estavam ali, junto dele precisavam de seu olhar misericordioso. E hoje, você, precisa desse olhar? Precisa que Jesus se compadeça de você, que lhe pegue pela mão e o levante da escuridão que você se encontra, ou tu te achar capaz de levar tudo sozinho?

Para conseguir a ajuda de Cristo é necessário um gesto simples, mais que necessita força interior, é necessário levantar a cabeça e olhar dentro dos olhos do Mestre. O Ato de olhar nos olhos é um ato de confiança. Vejamos, quando você fala com alguém, e esta pessoa a quem você esta se dirigindo não lhe olha nos olhos, você fala: Não confio, ela não olhou em meus olhos. Vai nos dizer o Papa Francisco que “os olhos são o espelho a alma”.

Voltemos para o cansaço. O mundo de hoje nos pede muito como foi dito no começo desta reflexão, é uma cultura exigente, que devasta tudo; e acredite, Jesus sabe disso, Ele sabe de seu cansaço, Ele apenas lhe pede, me olhe nos olhos, deixe-Me te ajudar, “eu vos darei descanso” (Mt 11, 28). Mas, vai dizer ainda Cristo, que não basta apenas deixar sobre ele nossos cansaços, é necessário aprender algo, é necessária uma lição, mas esta lição não é fácil, exige que saiamos do nosso orgulho pessoal, precisamos diz Jesus, “aprender” Dele, aprender a mansidão, aprender ser manso, ser puro e mais ainda, ser humilde como Ele o foi. Esta humildade não é uma humildade qualquer, ela é libertadora, ela é capaz de vencer o mal mais inimaginável de sua vida, ela é capaz de dar força a criança, ela capacita o adolescente, da sabedoria aos pais e da animo aos idosos, ela humildade nos vem com o auxilio do Espírito Santo e é necessário um coração desprendido.

Enfim, ao olharmos para trás vemos todo um cansaço, físico, psíquico e moral. A vida nos bate de tal forma que quando caímos por terra nos machucamos muito, se abrem feridas que por nossa força mesma não podemos curar, mas temos alguém que pode, temos um Médico especialista em corações e almas feridas. Um Médico que experimentou em si próprio a dolorosa condição de escravo, não ferido pelos males de um pecado, mas ferido em Sua carne mortal. Jesus Cristo entende o homem, pois ele experimentou sua dor, sentiu em Si mesmo o que é sofrer na carne, o que é ter medo. Deixe-O curar, deixe-o aliviar seu peso, olhe em seus olhos, reconheça-se pequeno e frágil. Maria experimentou olhar nos olhos de Deus, tanto foi que ela mesma se fez morada do Altíssimo. Ela confiou e se lançou a seus braços, pois sabia que no seu cansaço Deus jamais a abandonaria. Faça a experiência de se deixar consolar por Jesus. O que você a perder? Nada! O que você tem a ganhar? Tudo, um Pai, um Amigo, alguém que lhe dará a força do alto, um paraclito! Deixe-se consolar, basta apenas amar! 

Por: Junior Diniz

Um comentário:

  1. Lindo texto! Fez muito bem à minha alma. Deus te abençoe! Paz e bem!

    ResponderExcluir